Origem da Raça

 
 

A raça YORKSHIRE TERRIER não é muito antiga. Há discussões quanto a sua origem.

Segundo historiadores, a raça vem de uma mistura de diferentes tipos de Terrier. A mais aceita fala da combinação entre BLACK TAN, SKIE TERRIER e DANDIE DINMONT. Há quem diga que o MALTÊS também teve participações nesse cruzamento.

A aparência aristocrática do YORKSHIRE esconde um passado de trabalho árduo. A raça foi criada por operários de West Riding, no condado de YORK, na Inglaterra, que buscavam um cão pequeno, fácil de ser carregado e um exímio caçador de ratos em minas de carvão. Somente na era Vitoriana que o cãozinho ganhou status. As damas da aristocracia passaram a adotá-lo como companhia. Na época elas faziam figurino semelhante aos seus vestidos para seus cãezinhos e os carregavam para qualquer lugar.

Da Escócia e da Inglaterra, a raça se difundiu para França, Estados Unidos, Austrália e Japão, foi introduzida no Brasil em 1966.

É certo que os primeiros exemplares da raça chegaram apesar até 7 quilos. Hoje pelo padrão oficial da Federação Cinológica Internacional, eles não podem ultrapassar os 3,100 quilos